Facebook

Notícias

Quase 60% das empresas precisam de treinamento para se adaptar ao eSocial

Das empresas que participaram da pesquisa sobre o eSocial, 58% indicaram a necessidade de treinamento para promover a adaptação dos funcionários ao novo formato de envio das informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais ao governo. O levantamento, realizado pelo Sistema Fenacon Sescap/Sescon, considera a opinião de 1.332 empresas brasileiras, principalmente, do setor de serviços e do comércio.

O eSocial entra em vigor em duas fases – em janeiro de 2018 para as companhias que faturam acima de R$ 78 milhões e em julho do mesmo ano para as demais. Sem possibilidade de prorrogação desses prazos, as empresas têm entre quatro e 10 meses para adequarem suas rotinas, softwares, bancos de dados e pessoal ao uso do novo sistema.

“Preparar os funcionários que atuam na emissão da folha de pagamento, nos departamentos administrativos e de recursos humanos será fundamental para evitar o envio de informações equivocadas. Investir em cursos e no uso do ambiente de testes do eSocial, aberto desde 1º de agosto, será muito importante para a qualificação dos colaboradores”, alerta o presidente do Sescon-Serra Gaúcha, Ronaldo Tomazzoni. 

Para ajudar na tarefa, a Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Fenacon) criou, em parceria com a Receita Federal, o MTE e a Caixa, o Portal Árvore do Conhecimento (www.arvoredoconhecimento.org.br). No site, estão disponíveis gratuitamente mais de 40 vídeos, com conteúdo direcionado ao preenchimento do eSocial.

Outros desafios

A pesquisa da Fenacon apurou ainda os principais desafios das empresas na implantação do eSocial. Segundo o relatório, 42,3% veem dificuldade em repensar processos e mudar a cultura organizacional. O número reflete, na avaliação do diretor de educação e cultura da Fenacon, Hélio Donin Júnior, a resistência das empresas em deixar de lado alguns procedimentos equivocados.

“Com o eSocial em vigor, não será mais possível admitir o funcionário sem enviar toda a documentação necessária para o registro. Esses maus hábitos, que apesar de serem proibidos pela legislação eventualmente acontecem”, explica. Na lista de dificuldades aparecem ainda a demanda por adequação de sistemas (27,2%) e a necessidade de alterações operacionais (16,1%), entre outras.

 

-------------------------------------------------------

Sobre o Sistema Fenacon Sescap/Sescon

O Sistema Fenacon Sescap/Sescon (Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas) congrega 37 sindicatos, distribuídos nos 26 estados e no Distrito Federal, que representam mais de 400 mil empresas dessas áreas. A entidade tem se consolidado como legítima liderança na representação do setor de serviços, atuando diretamente no combate à alta carga tributária e na diminuição da burocracia, além de lutar por políticas públicas que garantam mais desenvolvimento às empresas brasileiras, sobretudo as micro e pequenas. Mais informações: www.fenacon.org.br.

Fonte: Fenacon

Veja também

Receba nossas novidades

Patrocinadores de Gestão

Emercor Emergências Médicas - Wolters Kluwer - MHC Seguros

Filiado à

Fenacon

SESCON SERRA GAÚCHA
Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis, Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas da Região Serrana do RS

Rua Ítalo Victor Bersani, 1134 - Bairro Jardim América - Caxias do Sul - RS
Fone/Fax (54) 3228.2425 - 3222.7825

Desenvolvido por TUA Web Tecnologia